Mãos talentosas


Nosso limite está onde alcançamos ao fecharmos os olhos. O filme narra a vida do médico Ben Carson, que foi um menino criado sem pai, pobre, negro, e que se considerava burro por tirar notas baixa. Sua mãe, mesmo sendo analfabeta, sempre o incentivou e estimulava a ser alguém, fato que despertou nele tanta força de vontade, que o fez ser o melhor neurocirurgião pediátrico do mundo.

Fazendo uma relação do filme com o universo do coaching, fica claro que a mãe foi a coach e Ben, o coachee que acreditou no processo de coaching sem conhecê-lo, mas conhecia e confiava na mãe (coach). Destaco a utilização da psicologia positiva, pois ela o fazia pensar positivamente e acreditar que tudo era possível e, que o limite de seu objetivo era apenas o limite de sua visão. Que quando ele fechasse os olhos não haveria limites para os seus sonhos. E assim ele fez, expandiu seus pensamentos ao lado da sua fé em DEUS e isso o fez encontrar dentro de si o melhor das suas potencialidades. Assim, ele ampliou seu objetivo e conseguiu atingi-lo, tornando-se o melhor médico neurocirurgião do mundo, além de criar um centro de operações neurológicas reconhecida mundialmente.

Destaco importantes reflexões retiradas do filme e que são indispensáveis para uma vida de sucesso. “Precisamos nos esforçar para ir além daquilo que pensamos. Temos que saber que podemos ir sempre mais.” “Quando não controlamos nosso temperamento temos ações que podem nos fazer ficar arrependidos pelo resto de nossas vidas.” “Fazemos a diferença quando não olhamos o problema e sim o futuro.” “Termos em mente que não somos nós, mas sim DEUS, que vai à nossa frente.” “Não use um problema para vitimar, use-o para impulsionar novas conquistas que possa favorecer a outras pessoas.” “O pensamento do passado é usado para resgatar a força de dentro de nós para o presente.” “As respostas estão dentro de nós. Sempre.”

#superação #Sonhosrealizados #Confiança #Reflexãodevida #PensamentosPositivos

Posts recentes

Ver tudo