top of page

Saúde da economia local




Nesse último café virtual corporativo falei da valorização do comercio local, um assunto que não se esgota, pois fala de algo que nos toca diretamente.

Após nosso café recebi diversas mensagens reafirmando a importância dessa ação para nossa localidade e resolvi expor mais sobre assunto.

Eram microempreendedores, empreendedores e consumidores locais apoiando esse despertamento para a valorização da nossa economia local. Quando consumimos localmente, nós estamos mudando econômica e socialmente a região que vivemos, além de também se tratar de um ato solidário e consciente. Conforme dados disponibilizados pelo Sebrae, as micro e pequenas empresas empregam mais de 60% da população que tem carteira assinada. E estudos mostram que grande parte das pessoas iniciam sua vida profissional em pequenos negócios locais. Isso demostra a importância desse tipo de economia, além de ser um motor motivador para o empreendedor e os funcionários.


Atualmente, a Ilha possui um mix de produtos e serviços que pode ser comparado a outras grandes regiões do nosso município. Do artesão que expõe na feirinha da Ribeira às lojas que comercializam uma variedade de produtos, nosso comércio foi se profissionalizando ao longo dos anos para atender as exigências do consumidor. Hoje, não temos mais produtos e serviços caros e de baixa qualidade, pelo contrário, possuímos um equilíbrio entre preço, variedade e qualidade.


O aumento da insegurança para sair da Ilha como o isolamento por causa da COVID-19, impulsionaram esse olhar para dentro da região. Claro que ainda precisamos investir muito em capacitação nas áreas de atendimento e novos negócios, mas quando você consome um produto ou serviço daqui você promove o desenvolvimento através da circulação do dinheiro pela nossa região. Isso é consumo consciente, que valoriza os micro e pequenos empreendedores, além de nos beneficiar com o crescimento local e a ampliação do conhecimento de pessoas vizinhas. Como deixei a dica no café, repito aqui: “Comprar no Comércio Local ajuda no desenvolvimento econômico e melhora nossa qualidade de vida.”. E isso me faz lembrar do movimento que marcou a Ilha no final da década de 70 com os slogans “AME A ILHA”, FIQUE NA ILHA”, NÃO SAIA DA ILHA”. Hoje, meu slogan seria “VALORIZE O COMERCIO DA ILHA”.


bottom of page